domingo, 8 de janeiro de 2012

Ponto G: mito ou verdade?

Olá amores e amôras...
 Voltei rapidinho! Saudades de vocês <3
 Antes de qualquer coisa, eu quero agradecer, pois o blog ultrapassou 30 mil visitas, e devo isto a vocês! Muito obrigada!!
 Nada mais justo que continuar postando coisas que vocês adoram não é mesmo! Religião, cultura, filosofia...hehehe, sonha viu! Sei bem do que vocês gostam e é sobre isso que vamos falar hoje.
  Sugerido por um amigo do face, o assunto de hoje é: "PONTO G" (ahhhhh..vocês já sabiam né, esta no título do post...).
 Muitos terapeutas e educadores sexuais afirmam, que o ponto G não existe, já lésbicas, profissionais do sexo e desempregados, afirmam que ele existe sim.
 Então vamos juntos aprofundar neste assunto de suma importância.
 Será que este desgramado existe mesmo ou é só lenda?
 Bem, de acordo com os minhas fontes, o danadinho não só é verídico, como tem até mapa para localiza-lo! Duvida? Então olha ai em baixo:
Tenho uma boa e uma má notícia para vocês, qual querem primeiro?
 Bem, vamos a boa né!
Os cientistas italianos descobriram um espessamento na região vaginal,  localizado a meio caminho entre a parte de trás do osso púbico e o topo da cerviz, do tamanho de uma pequena avelã, cerca de 3 a 7 centímetros dentro da vagina, que de acordo com eles, seria este o famoso ponto G.
Então sim, ele realmente existe!
 Agora a má notícia.
Ele só é encontrato em mulheres que tem orgasmos frequentemente e não ocorre em mulheres que não tem orgasmos.
 Não é que se você não tiver o Ponto G não terá orgasmo, mas o Ponto G surge em mulheres que tem muitos orgamos. É como um calo!
 Existir ele até existe, mas o ponto G não passa de um calo! Ele só ganhou nome, por que esta na vagina, se fosse na palma da mão ou no calcanhar, seria chamado apenas de " CALO"!
 Não fique assim tão decepcionado!
 Só mesmo um ser muito preguiçoso quer um botãozinho escrito, "ponto g", que é só apertar , e ouvir uma mensagem: "orgasmo concluído com sucesso!!".
  O sexo não é uma coisa puramente mecânica. Uma mulher não vai ter orgasmo simplesmente pela excitação das zonas erógenas, como o clitórios e o Ponto G. O cérebro está muito envolvido neste ato ( atenção este comentário não é válido para loiras..).
 Não fique triste, você pode se divertir tentando identificar se sua mulher tem ou não o " calo" ou "ponto G", o nome que vc achar melhor.
 Peguei este passo-a-passo num site qualquer, e vc pode tentar segui-lo, se vc é um dos milhares que não sabem que diabos é "cerviz" e muito menos  "osso púbico"?
 - Para encontrar o ponto G é necessário:

1-Que a sua parceira esteja deitada de costas, joelhos fletidos com os pés pousados na cama.
2-Insira 02 dedos – lubrificados – na vagina cerca de 2 a 5 centímetros dentro da vagina em direção ao umbigo, mas atenção, é só em direção ao umbigo, não tente fazer com que o dedo vá até o umbigo.
3-Pressione delicadamente com 1dedo contra a parede da vagina superior, sentirá uma zona mais rugosa diferente das restantes paredes da vagina. ( não entendi, pediram 2 dedos, agora só um, e o outro dedo? fica fazendo o que enquanto isto?)
4-Quando estimular o local certo, ele inchará um pouco, quase da mesma forma que o pênis, mas cuidado, observe, se inchar demais, realmente é um pênis e isso ai de mulher não tem nada!! Já ouviu falar em travesti operada? ahhh..Deixa pra lá...
5-Peça à sua parceira orientações, e deslize os seus dedos de um lado para o outro sobre este local.
6-Se pretender um orgasmo mais intenso, estimule o clítoris ao mesmo tempo ( ai ta vendo,o dedo 1 vai fazer falta nessa hora!).
 Bem depois de acharem o tal ponto, tenho certeza que saberão o que fazer....hehehe
Divirtam-se meus anjos, e não se esqueçam, para um sexo seguro, use camisinha, a menos que pretenda ficar só com o dedo né, ai não precisa...
Ótima semana!
 Bjinhos

Marcia Idelfonso

4 comentários:

Henrique Ribeiro disse...

A ideia da foto para ilustrar o texto foi muito criativa. Deve representar este prazer quando se descobre a localização do danado. Bjs

Paulo henrique disse...

Oi Marcia td bem?
Eu possuo um video de uma americana, Deborah Sundahl, especialista nesse assunto.
É como se fosse um video-aula, com cerca de 55min, que ensina a localizar, estimular, e fazer com que a mulher tenha multiplos orgasmos.
E posso dizer que já testei em algumas mulheres e realmente funciona.
Se estiver interessada em aprofundar seus conhecimentos entre em contato comigo pelo e-mail p_henriquefl@hotmail.com.
Bjos!!!!!!

Marcia Idelfonso disse...

Henrique Ribeiro, muito obrigada pela sua visita anjo, vc é sempre muito bem vindo. Bjim

Marcia Idelfonso disse...

Olá Paulo Henrique, dei uma pesquisadinha superficial sobre esta americana. Legal, depois aprofundo mais sobre o que ela fala, mas que ela tem cara de doida, ah..isso ela tem viu...hehehe. Bjinhos e muito obrigada pela sua visita!