domingo, 25 de março de 2012

Prostituição X Conservadorismo


Olá amores,
 Hoje vamos ser objetivos e falar sem rodeios sobre " Prostituição ".
  Se vc não gosta de ouvir verdade, recomendo que pare de ler este post por aqui mesmo.
 Ando cansada de ver pessoas serem julgadas e condenadas, por juizes podres .
 Tenho recebido por email, mensagens no facebook e outros meios, propostas, envolvendo sexo e dinheiro todos os dias. Agradeço, pelos altos valores oferecidos....kkkkkkk, mas não obrigada..Primeiramente, vamos esclarecer uma coisa, eu não sou e nunca fui prostituta, embora não me importe em trabalhar diretamente com pessoas ligadas a área ( e diga-se de passagem, nunca tive preconceito nenhum contra quem faz...fique isto bem claro, cada um cuidando da sua vida, não estou aqui para dar lição de moral para ninguem, nem tenho moral para isto..).
 Trabalho com produções fotográficas há 3 anos, e a 2 anos criei meu próprio stúdio especializado em ensaios sensuais. Trabalho com prostitutas, prostitutos, travestis, mulheres e homens casados que querem presentear os parceiros com ensaios fotográficos sensuais, e só isto, já foi suficiente para acharem que tenho chifre e rabo...rsrs.
 O que tem demais nisto?
 Não é igual o trabalho das revistas Playboy ou Sexy?
 As pessoas tem sido preconceituosas, ignorantes e pequenas, ao julgar quem trabalha com sensualidade.
 Por total incapacidade de raciocínio ou falso moralismo talvez.
 Nasci numa cidade pequena, e já viajei o mundo, vi muitas pessoas sairem na noite e terem relações sexuais gratuitas com 1,2,3 ou mais pessoas. Seriam estas meninas e meninos mais dignos do que uma prostituta que transa para pagar sua contas e criar seus filhos?
 Ninguém melhor do que você, para saber o que é melhor para sua vida, quem sou eu, ou outro
para dizer que tal pessoa esta certa ou errada.
 Bem, o que falar sobre uma das profissões mais antigas na humanidade?
 A protituição, é algo, relatado até na Bíblia, onde Jesus, perdoou Maria Madalena e impediu que ela fosse apedrejada, por filhos da puta conservadores.
 Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra...lá ninguém jogou...
Se fosse hoje em dia, coitada, ela teria virado purê...kkkkkkkkk
 Vamos entender, o que é exatamente a prostituição, antes de falar mais sobre.
 A prostituição, pode ser definida como a troca de favores sexuais por interesses não sentimentais, afetivos  ou prazer. Apesar de comumente a prostituição consistir numa relação de troca entre sexo e dinheiro esta não é uma regra. Pode-se trocar relações sexuais por favorecimento profissional, por bens materias (incluindo-se o dinheiro) e até mesmo por informação...
 Ou seja, até pessoas que se julgam não prostitutos, podem estar se prostituindo, quando se relacionam buscando no seu parceiro a troca de algo...
 Em muitas relações, os individuos se envolvem por uma oportunidade
de melhorar sua posição profissional, financeira , influência social e algumas vezes até mesmo por simples status...( as marias chuteiras, são um bom exemplo disto...rs)
 As pessoas estão sempre se protituindo, sem nem ao menos se dar conta disto.
 Mas é tão conveniente pensar que só é prostituição, o ato de transar por dinheiro, para assim se fazer de superior...
 Sociedade hipócrita, sem nenhum valor moral....
  A prostituição, se prolonga durante toda nossa existência, tanto que durante a idade média houve a tentativa de eliminar a prostituição, impulsionada pela moral cristã ( como se a igreja tivesse moral para isto, o que é pior, a prostituição, ou a pedofília dos santos...). Em contrapartida, havia o culto ao casamento cortês, onde a política e a economia sobrepujavam aos sentimentos, e as uniões eram arranjadas somente por interesse (que por si só já poder-se-ia considerar como prostituição), reforçam ainda mais a prostituição.Tentaram eliminar, simplesmente organizando...rsrs, colocaram foi pano quente...
 Alguns países já reconhecem legalmente a prostituição como profissão, a Alemanha e outros países de primeiro mundo,adotaram leis, que tratam a prostituição como se fosse qualquer outro negócio. O governo da Bélgica apresentou um projeto de lei para legalizar os bordéis, medida que a Nova Zelândia já adotou . Os holandeses legalizaram os bordéis, e na cidade de Amsterdã, as mulheres ficam até em vitrines, expostas para seus consumidores, e passaram a ter os direitos de qualquer trabalhador: carteira assinada, plano de saúde e aposentadoria.
Em contrapartida, vão descontar para a previdência e pagar imposto de renda, como todo mundo. A Alemanha adotou legislação semelhante . Apesar de levantar discussões com a igreja e as partes mais conservadoras da sociedade, do ponto de vista pragmático, quem defende a legalização argumenta que a mais antiga das profissões é impossível de ser eliminada, e torná-la legal é uma forma de controlar doenças, combater o crime, a prostituição de menores e criar mais uma fonte de impostos.
No entanto, tanto na Holanda como na Alemanha e na Nova Zelândia foram estabelecidas restrições. A idade mínima para a prostituição é 18 anos e, no caso holandês e no neozelandês, os prostíbulos precisam de licenças especiais. Em alguns países em desenvolvimento, a situação é mais confusa, como no Brasil por exemplo, onde o país evoluiu, mas a mentalidade das pessoas, ainda vive atrasado, apegado a valores que ninguém mais pratica, mas insiste em pregar...
 Sei que as pessoas mais conservadoras ( ainda existem?? ah tá, deve morar ao lado do papai noel..rs), vão alegar que defendo a prostituição, que sou uma prostituta e por ai vai...
 Para ser sincera, eu sei bem quem eu sou, minha família sabe quem eu sou, quem me conhece também sabe quem eu sou, estou tranquila diante de Deus, não preciso provar nada para ninguem..quem não me conhece, o que acha ou deixa de achar...quero mais é que vai se danar...enfia seu achismo no C*****....hehehe
 Para encerrar. Quem é mais digno? Quem é remunerado para ter relações, ou quem precisa pagar pelas relações?
 Pergunta dificil esta....
Na minha opinião, ninguem é mais digno que ninguem, se torna digno, quem vive sua vida, com caráter sem fazer mal a ninguém e aprende a respeitar os outros...
 Seja este preto, branco, gordo, magro, prostituta, padre, freira, velho, novo, aliénigena...cachorro...
 Eu respeito a tudo e a todos...(bem, quase todos né...algumas pessoas, quero mais é que vão para o inferno, mas não sigam meu exemplo, eu não valo muita coisa...rs...)
 Bejinhos
Tenham todos uma maravilhosa semana!!

Marcia Idelfonso

domingo, 18 de março de 2012

Ligue já!!

Olá amores,
 Tudo bem com vocês?
Espero que sim...
Agora, com o perfil do Facebook recuperado, também estou bem :-D.
 Senti muitas saudades de vocês, e isso só serviu para confirmar o que eu já sabia.
Que sem vocês a vida fica tão sem graça...
 Mas vamos párar de rasgar seda, e bora falar de coisa boa, ou melhor, de coisa muito boa...SEXO!!!
 A inclusão digital, aproximou pessoas, facilitou nossas vidas, e colaborou no progresso de nosso país, mas por outro lado diminuiu o prazer de muitos....como por exemplo, dos " Telefonoscatofilia".
 Você deve estar se perguntando, mas que diabo é isso...(pensei a mesma coisa, êta nomezinho difícil...)
Quem nunca teve uma conversa mais quente pelo telefone?
 "Telefonoscatofilia" é a fantasia onde o sujeito(a), pratica sexo pelo telefone. Nos EUA este serviço é conhecido como " obscene calls" ou seja, chamadas obscenas. São usadas palavras de baixo calão, expressões obscenas, elogios, e até mesmo, frases de  incentivo para ajudar que o cliente consumidor, chegue ao orgasmo.
Diversos serviços chamados de "Tele-sexo" oferecem vozes masculinas e femininas, deliciosas de serem ouvidas, que dão um show de sedução e prazer verbal, onde o que vale é a imaginação, pois na real, nem sempre uma bela voz, vem acompanhada de uma bela criatura.
 A masturbação é um recurso que o " telefono-escatofílico" utiliza para chegar ao orgasmo, enquanto fala com a atendente.
 Atualmetne este tipo de serviço diminuiu bastante, pois as pessoas tendo um computador conectado a internet, um microfone e um camera, podem ouvir e ver o parceiro, fazendo com que o sexo, fique ainda mais interessante.
   Nessa relação, há os que preferem ouvir e serem provocados, mas há outros que gostam de participar ativamente, perguntando e interagindo, pedindo inclusive para ser tocado ( só na imaginação é claro..).
 O sexo por telefone é bastante utilizado por pessoas extremamente tímidas, anti-sociais, complexadas, obesas, que tem micro pênis, casados, deficientes físicos e por fim, pessoas consideradas normais, que não possuam nenhum do itens citados acima. É a maneira que essas pessoas tem de extravasar as excitações retraídas.
 Portanto, não é necessário ligar para um tele-sexo para se caracterizar um fetichista, basta gostar de uma conversa picante e safada pelo telefone que já é considerado um telefono- escatofílico.
 Tem quem prefira este tipo de relação, pois evita-se doenças, gravidez e também envolvimento emocional.
 Agora será que um bate-papo quente pelo telefone, é considerado traição?
 Sei não viu...por precaução, se for fazer, faça bem escondido, cuide para que o número não venha na conta telefônica, pois o alto valor e o tempo de duração da chamada, chama é a atenção da patroa.
 Não quer que eu te conte onde você pode acabar com o telefone enfiado né...
 Bjinhos
Boa semana

Marcia Idelfonso

quinta-feira, 8 de março de 2012

Orgia total!!

Olá amores,
 Espero que todos estejam bem! Eu estou.
 Fiquei uns dias sem postar, mas voltei e hoje vamos falar tanta abobrinha que vocês vão querer que eu fique ainda mais tempo sem postar nada...heheh
 Deixa pra lá, vamos ao que interessa, que é falar de sexo!
 O assunto de hoje é orgia, bacanal, suruba, sexo grupal, como você preferir chamar isto.
Uma fantasia, cada dia mais frequente entre namorados, casados ou enrolados!
 Vamos a origem da coisa, afinal, me surpreendi quando descobri que esta prática, teve início na Índia ( povinho tarado aquele viu...aff), criaram o Kama Sutra, e como putaria pouca é bobagem, queriam mais e foram aumentando o número de pessoas para aperfeiçoar a coisa.
 Dizem que um dia, a esposa do criador do kama sutra,estava ficando muito desaniamda na cama, (olha que o cara era um profissional na arte do sexo hein..). O marido ou o anônimo criador do kama sutra decidiu na sua última tentativa fazer com que a esposa dele, fantasiasse que estava fazendo sexo com outro homem, para quem sabe assim, se animar um pouquinho mais.
A fantasia funcionou... Só que por um só dia. No outro ele teve que inventar outra coisa para satisfazer sua esposa ( ou o cara não era assim tão bom de cama, ou a esposa dele uma vagabunda preguiçosa) . Ele dessa vez experimentou a fantasia de sentir dor na hora do sexo. Aí surgia o sadomasoquismo outra prática que poderia considerar um indivíduo, além de tarado muito estranho.
No terceiro dia, ele já estava muito cansado de sua esposa ser cheia de problemas sexuais, e ele já estava pensando seriamente em botar ela pra correr, chamou um casal de amigos para vir falar com ela. Chegando no dia, o casal já sabia que o criador do kama sutra era um pervertido sexual e acabaram pensando que estavam convidando eles para uma siririca ou algo do tipo. Os indianos são bem safados, não acha? Pois bem, quando eles chegaram na casa, eles começaram a fazer sexo na frente dos dois e assim, amulher ficou finalmente excitada, e entrou no clima. Depois daquele dia, o homem e anônimo criador do kama sutra chamou de orgia quando casais consumam o ato sexual juntos.
  Dai surgiu tambem o "Voyerismo", assunto este que deixo para próximos posts, junto com sadomasoquismo e etc.
 Muitos casais são adeptos  esta prática, e existem mil e uma formas de fazê-lo.
 Algumas pessoas, vão a casas de swing, outros se envolvem gratuitamente com outros casais amigos, e outros por medo ou insegurança, contratam profissionais do sexo, na tentativa de não envolver sentimentos na coisa e até mesmo uma possível traição após consumado o ato.
 Para evitar transtornos, darei dicas infalíveis para que sua fantasia, não termine em dor de cabeça ( chifre, culpa ou doença por exemplo...)

1- Primeiro certifique-se de que seu parceiro(a), seja um pervertido. Nem todo mundo tem a mente insana e tarada como a sua.
2- Depois de certificado que a(o)  maluca(o) é pau para toda obra, então hora de ir em busca da galera certa. Você pode encontrar em salas de bate papo específicas para casais, em sites de acompanhantes existem o profissional que atenda casal ou numa casa de swingers onde o número de adeptos ao sexo grupal é maior, e você terá opções de escolha, então esta última é a mais indicada. Não é aconselhavel, tentar isto com um vizinho, vai que ele gosta da idéia e faz a festa quando vc não estiver em casa.Ai nao é suruba meu amigo, já vira chifre, e não é esta a proposta da coisa.
3- Cuidado! No caso de salas de bate papo, vá ao encontro sempre com uma roupa completamente diferente da combinada, melhor que vc veja o casal antes que eles vejam voce , se forem tão feios como um casal babuíno, dá tempo de fugir.
4- Depois de encontrados os parceiros ideais, onde quer que seja, observe se não vai ficar na desvantagem, marido de mulher feia, adora brincar de orgia, para ele, sempre vale a pena...hehehe
5- Camisinhas nunca são demais, e na maioria das vezes, a mulher, sempre fica na desvantagem. O homem devidamente protegido, no calor do momento, " bota" numa e noutra e ela que se lasque.
6- Uma bebidinha para descontrair, é normal, mas evite o consumo excessivo de alcoól, antes da brincadeira, afinal você já deve ter ouvido o ditado: " C... de bêbado não tem dono."
7- Evite também o consumo de alimentos, tipo, chocolate, batata-doce, feijoada, ou outros que causam desordem intestinal ou gases, afinal numa orgia, ninguem é obrigado cheirar gases, arrotos ou porcarias semelhantes. Comidas pesadas nunca são uma boa pedida antes de uma maratona sexual, só atrapalha. Prefira alimentos leves e saudáveis, afinal vc vai precisar de energia.
8- A última, mas não menos importante dica, é ter certeza absoluta do quer, pois, alguma coisa pode mudar na relação após a orgia, caso um dos dois não tenham certeza do que estão fazendo, ou estão fazendo apenas para agradar ao outro. Dentre os sentimentos, podem estar a culpa, arrependimento, ciúmes, insegurança ou até mesmo desinteresse pela parceiro, após a suruba.

 Fantasias sadias, são sempre bem vindas para um casal, mas para que isso ocorro de forma benéfica na relação, é necessário que ambos estejam de acordo, que tenham a mente aberta, e consciência dos prós e contras.
 Divirtam-se, sexo é saúde, vida e alegria, quando feito por pessoas inteligentes, do contrário, pode vir a ser transtornos.
 Beijinhos amores

Marcia Idelfonso